O animal satisfeito dorme (Guimarães Rosa)

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

É possivel fabricar jogadores de alto nivel?

Ontem tive uma conversa, via MSN, com o professor Rodrigo Vicenzi Casarin, eu o indaguei o seguinte:

Qualquer jovem, mesmo que aparentemente não levasse jeito para o futebol, que fosse ensinado sobre futebol, princípios de jogo, modelo de jogo e outros conceitos necessários, treinasse com base nesses ensinamentos e tivesse uma regular execução de certas técnicas, conseguiria ser um ótimo jogador de futebol, mesmo que levasse um tempo considerável.

Rodrigo me respondeu que isso é possível sim e inclusive o grupo de estudos Geffut já abordou esse tema e assim fará outras vezes, link do Geffut no final do post.

Esse pensamento de ensinar futebol ao jovem vai de encontro as peneiras/vestibulares que escolhem aparentemente os jovens que apresentaram num curto intervalo de tempo um pseudo-desenvolvimento/jogar/técnica bom.

Uma amostra dessa falha das peneiras é sabermos que jogadores que tiveram excelentes carreiras foram muitas vezes rejeitados em diversos testes.

O professor Rodrigo também de uma ideia de um projeto de implementar num clube o mesmo modelo de jogo das categorias de base ao profissional, resguardando, é claro, que cada categoria (sub-10,16 etc até o profissional) teria um objetivo particular e o modelo de jogo cumprido pelos profissionais seria adaptado a categoria sub-10, por exemplo, pois não se tem como pedir que uma criança cumpra uma coisa igual a um adulto.

Eu elogiei a idéia e o perguntei se um garoto que treinasse anos num mesmo modelo de jogo e plataforma de jogo não sentiria dificuldades de adaptação caso tivesse que jogar num modelo de jogo ou plataforma de jogo diferente.

O professor então me respondeu que isso é uma questão de multifuncionalidade, é necessário interpretar a função de várias maneiras, ou seja, interpretar a mesma posição de formas diferentes (com funções diferentes), sem estar preso apenas a um modelo ou plataforma de jogo. Rodrigo disse que a idéia da multifuncionalidade é não atuar em varias posições, mas sim interpretar o jogar dentro da plataforma pré-definida pelo treinador, os estímulos dados pelos treinadores na base para interpretar as funções (pivô-defensivo, meia interior, meia exterior etc) será fundamental para os atletas se adaptarem a todas as plataformas e modelos de jogo.

Outro problema que se tem na base é de que, por exemplo, um jogador que seja usado muito tempo como zagueiro de sobra possa ter dificuldades numa ocasião em que ele não fique na sobra, o que se escuta denominar por viciar o jogador.

De novo entra a questão da multifuncionalidade, é preciso que esse jogador zagueiro compreenda a função de várias maneiras distintas, exatamente para não haver o tal vicio.

Outra coisa que também é muito importante no futebol, e principalmente nas categorias de base é a transmissão de idéia do treinador para o jogador, cabe ao técnico explicitar de uma maneira simples e clara o papel daquele jogador individualmente e globalmente, sem isso o atleta/jovem não terá condições de desenvolver um bom jogar.

Alguns clubes brasileiros, o Cruzeiro, por exemplo, faz um trabalho nas categorias de base onde recruta os jovens e estes passam a morar numa determinada estrutura pertencente ao clube, esses jovens recebem cuidados médicos, estudam e treinam futebol. Uma questão que poderia ajudar muito o clube era se na sala de aula além dos assuntos primordiais, matemática, geografia, historia, português etc, tambem fosse abordado o futebol como uma matéria, imagina crianças tendo desde cedo contato com o ensino e aprendizado teórico, alem do já existente pratico, do futebol, simplesmente esses jovens tenderiam a ser jogadores muito inteligentes e por conseqüência poderiam ser jogadores inteligentes/de alto nível.

Gostaria de agradecer ao professor Rodrigo pela ótima conversa que tivemos e deixar para os leitores o link do grupo de estudos Geffut, onde poderá se encontrar artigos de excelência sobre treinamento, categorias de base, velocidade, enfim, futebol.

Link Geffut: http://universidadedofutebol.com.br/ConteudoCapacitacao/GruposEstudos/Default.aspx?id=30

3 comentários:

Anônimo disse...

I read this forum since 2 weeks and now i have decided to register to share with you my ideas. [url=http://inglourious-seo.com]:)[/url]

Anônimo disse...

You could easily be making money online in the undercover world of [URL=http://www.www.blackhatmoneymaker.com]blackhat downloads[/URL], You are far from alone if you haven’t heard of it before. Blackhat marketing uses little-known or little-understood methods to build an income online.

Anônimo disse...

[url=http://www.realcazinoz.com]casinos online[/url], also known as notable casinos or Internet casinos, are online versions of commonplace ("buddy and mortar") casinos. Online casinos franchise gamblers to filch up and wager on casino games downright the Internet.
Online casinos on the whole confine up championing sales marathon odds and payback percentages that are comparable to land-based casinos. Some online casinos grab no give attention to of higher payback percentages in the plan of also gaol up shindy games, and some disclose payout congruity audits on their websites. Assuming that the online casino is using an correctly programmed unpremeditatedly uncountable generator, pr‚cis games like blackjack aspire an established figure edge. The payout taste after these games are established erstwhile the rules of the game.
Assorted online casinos remarkable on spirit or beget their software from companies like Microgaming, Realtime Gaming, Playtech, Intercontinental Artfulness Technology and CryptoLogic Inc.