O animal satisfeito dorme (Guimarães Rosa)

domingo, 8 de novembro de 2009

Estrutura de Análise

Para se nortear e analisar uma partida mais próxima do real devemos nos paupar na observação de alguns fatos, reunindo conhecimentos de vários autores e estudiosos, cheguei a uma estrutura que considero adequada para seguir. Veja abaixo:

PLATAFORMA TÁTICA

Plataforma Clássica: Se é 4-4-2, 3-5-2 etc
Plataforma Fracionada: Se é 4-2-2-2, 4-3-2-1 etc

ORGANIZAÇÃO DEFENSIVA

Forma de marcação: Se é individual, zonal, por função etc
Linha de marcação: Se o time marcou a partir da linha 4, 5, etc
Tem algum tipo de organização defensiva (TOD) ? Se fez pressing, zona ativa etc

REFERÊNCIAS ESTRUTURAIS DE DEFESA

Comentar sobre a aplicação do time sobre cada um dos princípios táticos fundamentais da fase defensiva.

Contenção:
Cobertura Defensiva:
Equilíbrio:
Concentração:
Unidade Defensiva:

REFERÊNCIAS ESTRUTURAIS DE TRANSIÇÃO DEFENSIVA

Balanço defensivo: Referente a quantidade e disposição dos jogadores da equipe no momento da transição defensiva.
Proporção defensiva: Diz respeito a quantidade de jogadores envolvidos na transição defensiva contra a quantidade de jogadores atacantes adversários.

ORGANIZAÇÃO OFENSIVA

Tipo de ataque: Se é ataque rápido, posicional etc

REFERÊNCIAS ESTRUTURAIS DE ATAQUE

Comentar sobre a aplicação do time sobre cada um dos princípios táticos fundamentais da fase ofensiva.

Penetração:
Cobertura Ofensiva:
Mobilidade:
Espaço:
Unidade Ofensiva:

REFERÊNCIAS ESTRUTURAIS DE TRANSIÇÃO OFENSIVA

Balanço ofensivo: Referente a quantidade e disposição dos jogadores da equipe no momento da transição ofensiva.
Proporção ofensiva: Diz respeito a quantidade de jogadores envolvidos na transição ofensiva contra a quantidade de jogadores defensores adversários.

MODELO DE JOGO

Modelo organizacional: Deve descrever o modelo de jogo da equipe na organização defensiva e ofensiva.

Modelo transicional: Deve descrever o modelo de jogo da equipe nas transições defensivas e ofensivas.

DINÂMICA DE JOGO

Dinâmica: Aqui deve se descrever o comportamento e ações dos jogadores e observações concluidas a partir da análise dos outros fatores interligando com seu exame da partida.

2 comentários:

Breiller Pires disse...

Seria legal se os comentaristas estudassem um pouquinho de táticas e fundamentos técnicos antes das partidas, né, João? O que se vê, nos comentários na TV, é uma mistura de expressões e conceitos que só faz confundir o telespectador, que se contentaria com o simples "feijão-com-arroz".

Abraço!

João Henrique disse...

Com certeza, Breiller. Penso que quando escolhemos um trabalho devemos tentar fazer o melhor naquilo, nunca podemos nos contentar com o conhecimento que temos, um médico, advogado ou professor deve se reciclar constantemente ou ficará obsoleto naquela profissão. Porque as pessoas que trabalham com futebol não fazem o mesmo? O que custaria a comentaristas estudarem o futebol para não passarem vergonha na TV?
Até o PVC, que muitas pessoas elogiam, vejo com maus olhos. Ele comenta futebol assim: José bate com Paulo, Antonio pega Francisco, Jesualdo se choca com Carlos e aí Ederaldo terá que marcar o habilidoso Tonico, o que será perigoso caso Tonico se desmarque. Aparentemente tudo bem, se aprofundarmos tudo errado. Existem diversos tipos de marcação cada um diferente do outro, agora pergunto: O PVC por acaso fala de qual sistema de marcação os dois times usam/vão usar? Não.
E assim futebol é tratado como jogo puramente opinativo, o que não é.
Abração!